A Loja do IBGE é o espaço onde você pode adquirir todas as informações estatísticas e geocientíficas produzidas pelo IBGE de forma prática e rápida. Navegue e conheça um pouco mais sobre o Brasil.



Início » Atlas de saneamento 2011

Atlas de saneamento 2011

Disponível: Em estoque

Preço: R$110,00

Código: 007478
Código de Barras: N/A
ISSN / ISBN: 9788524042027
Abrangência: Brasil
Mídia: CD, Impresso
Número de Páginas: 1-268
Peso (Kg): 0,800Kg

Descrição

Atlas de saneamento 2011 - As profundas desigualdades regionais existentes na infraestrutura de saneamento fazem da universalização e da melhoria dos serviços de abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana, coleta de lixo e drenagem urbana, um objetivo a ser alcançado, ainda hoje, pelo Estado e conquistado pela sociedade brasileira. Ao reunir informações da Pesquisa Nacional de Saneamento Básico - PNSB 2008, realizada em parceria com o Ministério das Cidades, bem como estatísticas do Censo Demográfico 2010 e de fontes provenientes de outros órgãos e entidades, este Atlas oferece uma ampla abordagem da questão enfocando não só a distribuição espacial, qualidade e eficiência das redes e dos serviços oferecidos no País, como também a natureza relacional do saneamento básico com a preservação do meio ambiente e a qualidade de vida das populações. Apresenta ainda, espacialização de alguns temas segundo bacias hidrográficas, fundamental para o entendimento do impacto causado pelas formas de ocupação e uso do território sobre os recursos hídricos. Mapas, textos analíticos, gráficos, tabelas e imagens, além de um glossário com os termos e conceitos considerados relevantes, facilitam a compreensão integrada dos temas selecionados. O conjunto dessas informações também está disponível no CD-ROM que acompamha a publicação e no portal do IBGE na Internet. Tal como na edição realizada em 2004, esta publicação constitui, para o IBGE, uma oportunidade de contribuir para a formulação, planejamento e implementação de ações públicas e privadas voltadas ao objetivo da universalização do saneamento, ao equilíbrio do desenvolvimento e à promoção do bem-estar da população, segundo as peculiaridades locais e regionais.