A Loja do IBGE é o espaço onde você pode adquirir todas as informações estatísticas e geocientíficas produzidas pelo IBGE de forma prática e rápida. Navegue e conheça um pouco mais sobre o Brasil.



Início » Produtos em Destaque » Panorama Nacional e Internacional da Produção de Indicadores Sociais

Panorama Nacional e Internacional da Produção de Indicadores Sociais

Disponível: Em estoque

Preço: R$35,00

Código: 007881
Código de Barras: Não
ISSN / ISBN: 9788524043932
Abrangência: Brasil
Mídia: Livro
Número de Páginas: 132
Peso (Kg): 0,332Kg

Descrição

Ao trabalho cotidiano de construir indicadores sociais, desenvolver análises e identificar lacunas de investigação à luz das recomendações internacionais, somou-se, recentemente, às atividades do IBGE, uma crescente demanda por informações sociais, econômicas e ambientais para agendas de trabalho em níveis mundial e regional, capitaneadas pelas Nações Unidas e suas agências. Assim, é que, em sessão presidida pelo Brasil, representado pelo IBGE, a Comissão de Estatística das Nações Unidas (United Nations Statistical Commission) aprovou, em 2016, um amplo conjunto de indicadores que serão utilizados para monitorar e revisar o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável - ODS, em escala mundial, no âmbito da Agenda 2030. Os ODS contemplam variados temas – erradicação da pobreza e da fome, agricultura sustentável, educação de qualidade, igualdade de gênero, acesso a água potável e saneamento, trabalho decente e crescimento econômico, redução das desigualdades, entre outros aspectos – em um total de 17 objetivos, 169 metas e cerca de 230 indicadores. Em paralelo ao compromisso firmado com as Nações Unidas, o Instituto também está envolvido com a organização da agenda de trabalho sobre população e desenvolvimento, dirigida pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Comisión Económica para América Latina y el Caribe - CEPAL). Essa agenda regional segue modelo semelhante ao da agenda global, porém se propõe a dialogar mais estreitamente com temas correlatos às questões enfrentadas pelos países latino-americanos e caribenhos, em especial nas questões sociodemográficas sobre desigualdades de gênero e raça/etnia, garantia de direitos e saúde sexual e reprodutiva. Com a presente publicação, o IBGE busca mapear e tornar público seu processo de trabalho de construção de indicadores sociais e contribuir para a construção de tais estratégias, oferecendo ao leitor uma discussão centrada na avaliação metodológica da produção de indicadores sociais, em consonância com as agendas global e regional de sustentabilidade. A publicação está organizada em cinco capítulos temáticos que discutem a produção de indicadores nas áreas de Educação, Famílias, Habitação e o direito à moradia, Padrão de vida e distribuição de renda e Trabalho. Ao longo dos capítulos, são abordadas questões sobre a adequação dos indicadores produzidos pelo IBGE às recomendações internacionais; experiências de outros institutos nacionais de estatística; relações dos temas tratados pelo Instituto com aqueles contemplados nos ODS; lacunas na produção de indicadores; além de questões conceituais relacionadas ao cálculo destes. Com essa abordagem, pretende-se não só fornecer uma avaliação do estado da arte da produção de indicadores sociais no IBGE, mas também apontar sua importância estratégica no monitoramento das ações referentes à nova agenda de desenvolvimento. Esse conjunto de informações também está disponibilizado no portal do IBGE na Internet.

 

Mais informações sobre a pesquisa !