0800 721 8181

Contas de Ecossistemas - Espécies Ameaçadas de Extinção no Brasil

Seja o primeiro a avaliar este produto

R$0,00

Disponível: Sem estoque

Short Description

A contabilidade do capital natural constitui uma estrutura contábil que permite mensurar e comparar, ao longo do tempo, a contribuição dos recursos naturais e dos ecossistem...

Informe seu CEP para calcular o valor da entrega.

Descrição

Detalhes

Mais sobre a pesquisa...

A contabilidade do capital natural constitui uma estrutura contábil que permite mensurar e comparar, ao longo do tempo, a contribuição dos recursos naturais e dos ecossistemas para os aspectos sociais e econômicos de um determinado território, assim como fornecer estatísticas dinâmicas e padronizadas para o planejamento e a tomada de decisão, de modo a promover escolhas mais eficientes e sustentáveis na gestão dos recursos. 

            Por reconhecer a importância da integração dos dados ambientais ao Sistema de Contas Nacionais - SCN, de modo a considerar a utilização dos serviços dos ecossistemas e registrar como a utilização do fluxo desses serviços pelo sistema econômico interfere no ativo da biodiversidade, o IBGE apresenta, nesta publicação, os resultados da Conta de Espécies Ameaçadas, elaborada no âmbito do Sistema de Contas Econômicas Ambientais - SCEA. Esta primeira versão tem como referencial a Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas, da União Internacional para a Conservação da Natureza (International Union for Conservation of Nature - IUCN), conhecida como IUCN Red List of Threatened Species, para as espécies avaliadas da América do Sul. Especificamente para a análise dos dados no Brasil, efetuou-se uma compilação para os anos de 2010, 2014 e 2018 e o cálculo de uma versão simplificada do Índice da Lista Vermelha - ILV, o Red List Index - RLI, em diferentes recortes espaciais e ecológicos. 

Como ponto de partida para futuras edições, é apresentada uma síntese dos dados das Listas Nacionais Oficiais de Espécies da Fauna e da Flora Ameaçadas de Extinção, resultantes das avaliações do estado de conservação das espécies, publicadas, respectivamente, pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - ICMBio e pelo Centro Nacional de Conservação da Flora do Jardim Botânico do Rio de Janeiro - CNCFlora/JBRJ. A partir desses dados, são apresentados os números de espécies, por categorias de ameaças, desagregados para os diferentes biomas brasileiros e os tipos de ambientes (terrestre, água doce e marinho), além de mapas da distribuição das espécies ameaçadas no Território Nacional. 

O presente estudo, também disponibilizado no portal do IBGE na Internet,  contribui com o esforço de aplicação das recomendações internacionais contidas no manual System of environmental-economic accounting 2012: experimental ecosystem accounting, SEEA-EEA, desenvolvido pelas Nações Unidas no âmbito do projeto Contabilidade do Capital Natural e Valoração dos Serviços Ecossistêmicos (Natural Capital Accounting and Valuation of Ecosystem Services - Ncaves), em parceria com a União Europeia. 

            Espera-se que os resultados ora apresentados constituam um ponto de partida dos arranjos institucionais necessários para uma integração cada vez maior das informações sobre biodiversidade nos processos de tomada de decisão, permitindo, ademais, a elaboração de outros tipos de contas e favorecendo a produção de estatísticas ambientais e indicadores com base no melhor conhecimento científico disponível.

Informação Adicional

Informação Adicional

Código 000103
Código de Barras Não
ISSN / ISBN 9786587201221
Abrangência Brasil
Mídia Livro
Número de Páginas 136
Peso (Kg) 0.2400
Link para download https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv101754.pdf

Comentários

Queremos saber sua opinião

Apenas usuários registrados podem comentar. Por favor, identifique-se ou cadastre-se

Tags do Produto

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.

  • Mais Vendidos